BLOG TOP FILMES

Como limpar corretamente vidros com películas

Sempre surge algumas dúvidas quando o assunto é a limpeza correta de vidros com películas. Isso se aplica não somente nos casos de vidros de carros com películas, mas também para aqueles vidros com películas que temos em casa. Alguns exemplos são em portas, box de banheiros e até em janelas. 

Películas Automotivas

Porém, os modelos mais utilizados são as películas aplicadas em vidros de carros, mais conhecidas como insulfilm.

A finalidade das películas nos vidros de carros é quase que infinita: proteção do vidro, garantia de maior durabilidade, prevenir riscos e avarias, garantir discrição (isso vai depender de qual película será aplicada no vidro de seu carro).

Você sabe como limpar corretamente a película nos vidros de seu carro? Talvez você esteja fazendo de maneira errada. O mais indicado é utilizar somente um pano macio umedecido com água. Simples assim. Isso é o suficiente para que, as marcas, sujeiras e outros detritos quer possam estar acumulados na película saiam.

Mas não posso utilizar nenhum produto químico ou aqueles recomendados?

Essa é a grande questão. Eles realmente não são indicados para essa limpeza, tendo em vista a questão da abrasividade que pode acabar danificando sua película, ao invés de proteger.

Outros produtos também devem ser usados com muito cuidado, pois, uma das maiores, senão a maior usabilidade da película em vidros de carros, é para a proteção solar. Aplicando a película no vidro de seu automóvel, garante que, os raios solares invadam com menos perigo seu automóvel.

Uma ressalva muito importante: se a película tiver acabado de ser aplicada em seu veículo, recomenda-se o período mínimo de 72 horas para mexer nos vidros. Isso, obviamente vai se aplicar também na questão de limpeza.

Caso surja algum problema maior, sempre recorra ao profissional que aplicou e busque por seu conselho técnico.

“Mas me disseram que posso utilizar outros produtos para a limpeza da película caso ela esteja muito suja”. 

Sim, alguns especialistas recomendam o uso de produtos fáceis de se ter em casa, e que também não agrida tanto a película.

Por ir se desgastando com o tempo, seja pelo uso frequente e sobe e desce do vidro, outras questões podem surgir, como:

  • Pegar estrada com muita terra;
  • Chuva;
  • Chuva de granizos;
  • Dejetos de pássaros;
  • Marcas de dedos.

O que fazer quando se encontra nessas condições então?

O ideal é utilizar sabão neutro em quantidade de suficiente a moderada. Observe que o sabão neutro deve estar aplicado em um pano de algodão macio. Nunca diretamente sobre a película.

Você fará a lavagem com movimentos suaves e gentis (nunca utilizando força na esfregação – faça como o escovar de dentes: forma leve e em círculos). Logo após o término desse processo, com outro pano de algodão macio, embebede-o em água morna (lembre-se, morna, nunca quente – pois o calor alto da água pode danificar a película e causar bolhas), e limpe onde estava a sujeira que o sabão neutro já retirou.

É simples, não precisa de nada mais além disso. Como em várias outras áreas da vida, o segredo dessa limpeza está em sua simplicidade, e não relacionada aos produtos caros e de diversos locais que você pode adquirir.

Um adendo: nunca utilizar esponjas, seja ela qual for: aquelas de cozinha, as de espuma ou até mesmo esponjas vegetais. Isso só vai arranhar a película. Lembre-se sempre do paninho (o mesmo que os profissionais usam em concessionárias para lustrar seu carro).

Películas Arquitetônicas – Residenciais

Como dissemos no começo de nosso texto, as películas automotivas não são as únicas utilizadas e que colocam dúvidas na cabeça daqueles que as utilizam em seus bens.

Uma das mais conhecidas após as de automóveis, são as películas arquitetônicas.

Essas películas, geralmente, são aquelas aplicadas em arquitetura e em projetos civis.

Um exemplo mais prático?

Sabe aquele prédio ou escritório que você passa em frente e não consegue enxergar nada por dentro, apenas seu próprio reflexo? São vidros com películas arquitetônicas aplicadas neles.

Os motivos? São variados:

  • Maior proteção para o escritório ou prédio;

  • Proteção contra a luz do sol;

  • Design moderno e arrojado.

Estes são apenas alguns dos motivos. Mas existe mais de um tipo de película arquitetônica, e elas devem ser levadas em consideração quanto a seu fim.
Independente de qual você escolha, ela precisará de cuidados também. Será que são os mesmos com as películas automotivas?
Sim, os produtos a serem usados e os materiais para aplicar são os mesmos: pano de algodão macio com água, e em situações de maior sujeira: sabão comum não abrasivo com limpeza logo após, com um pano úmido com água morna.
Mas um truque das películas arquitetônicas está ao nosso alcance no dia a dia. Evitar, em toda e qualquer circunstância, objetos pontiagudos próximos. Nem precisamos explicar o motivo, certo?
Se o objeto pontiagudo faz qualquer lesão em um pequeno ponto da película... ou você terá que se acostumar com ele, ou simplesmente trocá-lo em sua totalidade. E isso não é algo barato. Portanto, a limpeza é importante demais, mas a manutenção e cuidado... devem vir em primeiro lugar. 

Produtos indicados e suas formas de uso

Caso ainda você tenha alguma dúvida, tenha em mente que, os pequenos panos que são comprados em lojas de tecidos, material fabricado em 100% algodão, são os indicados.

Sabão neutro. Um sabão neutro, em barra, que temos o maior conhecimento quando se trata de limpeza, é o sabão Ypê.

Mas desde o começo: apenas poeira = passar o pano de algodão macio até eliminar. SEM FAZER FORÇA.

Limpeza mais pesada: molhe o pano de algodão macio em água de temperatura ambiente, passe um pouco do sabão nesse pano, e vai fazendo a limpeza.

Dica de outro: não ensaboe tudo e depois retire. Isso somente manchará a película.

A dica é: faça com calma e tempo.

Comece por partes. Deixe uma vasilha com água morna (não quente, morna – vou reforçar isso até vocês entenderem), e limpe uma parte com o sabão aplicado no pano de algodão macio.

Terminou aquela parte? Já venha direto com o pano embebido em água morna e retire aos poucos (use pouca água, o suficiente para não derrubar e fazer uma poça de água).

Dessa maneira, você saberá quais partes já foram limpas, quais faltam, e ainda não corre o risco de manchar seu vidro.

Existem alguns esfregões que são 100% de algodão em sua composição. Recomenda-se o uso? Não. Mas se for realmente não abrasivo, pode fazer o teste.

Esperamos que todas suas películas fiquem intactas com nossas dicas.

Obrigado e até a próxima.

CONTATO

Entre em contato e tire suas dúvidas com profissional especializado.


Nós usamos cookies
Preferências de cookies
Abaixo, você pode encontrar informações sobre os propósitos pelos quais nós e nossos parceiros usamos cookies e processamos dados. Você pode exercitar suas preferências de processamento e/ou ver detalhes nos sites dos nossos parceiros.
Cookies analíticos Desativar tudo
Cookies funcionais
Other cookies
Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Saiba mais sobre nossa política de cookies.
Alterar preferências Aceitar tudo
Cookies